Você é você.


. . . Entre Ilusão e Realidade. Aonde você está? Quem somos realmente afinal? Se vale a pena viver não sei. Mas será uma jornada épica!

Seguidores

13/06/2012

Episódio 10




10. "As Lúxurias do Oriente "

Odeio figuras de poder...
Odeio.

E sopra o vento no deserto, incerto.
Isabelle subjulgara os mortos decadentes'
E Sr. Ed apontou para o leste.
- Vocês peçam permissão ao feiticeiro da morte', - tossiu.

E nossa princesa, tão bela, tão ela.
Com seu sorrisinho sarcástico e infatil
Rodou sua saia curta e mostrou o dedo do meio.

- PLEBE! QUAL TEU RANK!?

- Cavaleiro da 4ª Brigada, ' avati' Daghda', sacrifício da Grande Donzela.

A princesa teve um brilho nos olhos, uma ânsia por arrancar a garganta do ser feio e insípio que era aquele coveiro, quase se debrusando sobre uma terra tão negra e fétida que parecia um lodo, um pixe negro, do qual saiam pontas de ossos' e estes sujeitos já passados da morte,' ficavam atentandos ajoelhados ao Sr. Ed, como cães pedindo comida.

Sumáriamente desnecessário, Isabelle ordenou á cada morto decadente, que fizessem uma passagem humana para que ela não sujasse suas botas.

Nos encontramos Lúmrill na estrada de tijolos amarelos , são os metais o pleno ouro.

No Entanto, uma das tarefas de Isabelle ao fugir, era realmente dominar todos os territórios que lhe fossem interessantes.
Ela aproveitou em tão deliciosa oportunidade á relembrar ao Sr. Ed.

- Coveiro plebéu, se tu atestas ter ALGUM RANK, deverás prestar serviço á uma estimada princesa errante ao qual deves reconhecer minha natureza extremamente corregedora como impulso de amor do universo, manifesta filha e Budha', atente guarda á qualquer Vulto que passar, ao passar no Solo Sagrado dos Partidos, não precisamos de mais rodeios...

As Crianças Leucêmicas devem ser Exterminadas.







[ ILUSTRAÇÃO ]







Não me importo com suas ideologias fáceis de compreender.
Se a natureza fosse tua criação, você não iria ter que usar muito tempo para se resumir quanto a verdade da realização do universo.

Teu deus, teu "pronto". Teu cabresto, auto-imposto.
Minha realeza plena por auto-existência sem corrupção.
Alma plena que governa sobre os servos através do altruísmo de um objetivo.

Anarquiza teu conceito de humanidade', não depende de você.
Depende de mim.
Minha realidade é a Ilusão que você clama aos quatro ventos.
Teu Deus misericordioso parece ser sádico agora.



[ ILUSTRAÇÃO ]





Dangebo', prostava sobre um túmulo belamente decorado em formato de Esfinge... dizia ele:
- Aproxime a Princesa,
clame á minha Deusa.
A Sacerdotiza também quero sua presença.
Um caminho á seguir após tal terreno de morte.

Se abre á Estrela de Sírius no porvir.'
Sigam o Gato Alienígena, e todos estarão bem.' - a múmia se ajoelhou perante a Princesa.


Era um ser' que exalava um perfume de Jasmin', adornava teus entornos masculinos lascivos com peças quais que decoram teu ambiente pessoal.
Ele podia ser espetado, agulhas eram frequentemente vistas em lugares engraçados e constrangedores, mas costumavam cair e se espetar repetidamente, sem qualquer padrão aparente.
Tenho á minha disposição uma Orgia'.
Um palhaço, uma bruxa, um espantalho, uma múmia, e uma serviçal.
Nada me interesa quem mais estiver,'
vamos nos deleitar nas luxurias venusianas do corpo'.



" Ah que delicioso é dançar.
Deixar teu corpo me envolver
Um abraço
Um gesto simples
Magia eterna do ciclo mais Simples
O teu olhar
A fumaça deste incenso paira em meu cabelo
O tecido de minha roupa desliza por minha pele
Naturalmente você não viu malicia
Ou perversão
E a pele refletia apenas a luz da Lua
Já em outro cenário
Não mais o sofrimento desta Era

Mas o reinado da nossa Princesa iria se extender á partir daqui
O momento era adequado, e a consulta mostrava que assim duraria por muitos ciclos.
As jóias de nossa princesa são os movimentos de seus dedos
A nossa deliciosa loirinha apetecia a fantasia das mulheres e de sensíveis homens
Dionisio sentiu inveja de sua delicada sensualidade anoréxica
E os faunos incaustos ao observarem pelas moitas.
Concluiam um pedido inesperado do manifesto
Eram os direitos animais postos á prova.
Não só os animais, mesmo as plantas se tornaram carnívoras.
Era uma recompensa deliciosa ás ações gentis dos homens
Pensava nossa Princesa.


    • PLEBE , ah que continuar a me importunar. Quero erguido meu palácio ádiante este Cemitério', nada melhor que um terreno Morto para guardar Minhas costas.
      Erijam montanhas, Deuses do Local!!!
      A Fauna, é um exército unísono, a proteção de todos será garantida.
      Abater o Inimigo antes de comprometer nosso santuário é a Ordem!
      Além disso á o pesar da falta de Misericórdia de Lagartos do Poder.
      • Este é o AFRONTE MÁXIMO!
        Jeffrey'', A carta Zero, carregue-a e encontre apenas os não-encontráveis.

        + O______O" PPPPPPPRINCESA! QUE HONRA!< AI que me perDOAR majestade,' mas teus dedos têm mel, posso lamber'?

        - Não demore.' - e Isabelle permitiu.

        Excitado estou' a viajar me pus,
        "O CAMINHO É LONGO, mas nas costas do Lobo

        A Insanidade me aguarda.

        :D MAWHWAHWAHWAHW'

        Anata no!? Ta me i ki'. :D

        A parada do Circo' continua.
        E o Espantalho'......................................

        Sem ter o que fazer, ARMOU A BARRACA.


Nenhum comentário: